O PAPEL DOS PAIS NA ATIVIDADE DESPORTIVA DOS JOVENS ATLETAS

12-03-2015 17:23

Os pais têm muita influência na iniciação e formação desportiva dos atletas desempenhando assim um importante papel na carreira desportiva dos filhos. Estes assumem um vasto conjunto de responsabilidades no desenrolar da experiência desportiva dos filhos devendo assim proporcionar uma atmosfera de apoio e suporte emocional sem no entanto exercer demasiada pressão sobre o atleta.

PAPEL DOS PAIS NO DESENVOLVIMENTO DA MOTIVAÇÃO

 

  • Os pais devem encorajar a independência e realçar os esforços do jovem para se tornar independente;
  • Devem confortar e servir de apoio quando ocorrem situações como lesões, não jogar, ter receio e falta de coragem; 
  • Os pais devem acreditar que os seus filhos são competentes e responsáveis;
  • Os pais devem demonstrar confiança nas capacidades dos seus filhos mesmo quando estes experienciam dificuldades e insucesso desportivo;
  • Os pais devem salientar os sucessos dos filhos e não realçar os seus fracassos;
  • Devem estar atentos aos esforços dos atletas, ouvir os seus problemas e prestar atenção aos seus sentimentos;

 

PAPEL DOS PAIS NO DESENVOLVIMENTO DA AUTO-ESTIMA

 

  • Os pais devem demonstrar que apoiam e valorizam os seus filhos quer através de palavras quer através de ações;
  • Devem enfatizar o desenvolvimento das suas capacidades, salientando pequenas vitórias pessoais que não dependem exclusivamente do sucesso na atividade desportiva;
  • Os pais devem apoiar o jovem na definição de objectivos desportivos a atingir, não apenas centrados nos resultados (ex.: ganhar ou perder) mas também em ser cada vez melhor atleta.

O PAPEL DOS PAIS NA RELAÇÃO COM O TREINADOR

 

  • Os pais devem manter contatos regulares com o treinador como objetivo de obter informações que digam respeito ao seu filho;
  • Devem procurar aceitar e compreender a autoridade do treinador;
  • Não devem interferir na tarefa do treinador;
  • Não devem influenciar negativamente o seu filho em relação ao treinador;
  • Devem procurar ajudar o treinador sempre que para tal sejam solicitados.

 

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA O COMPORTAMENTO DOS PAIS DOS ATLETAS

 

  • Os pais devem ajudar os filhos a compreenderem as “lições“ que podem aprender através do desporto;
  • Devem ajudar os jovens atletas a assumir as suas responsabilidades em relação à equipa e treinador;
  • Devem assistir regularmente aos eventos desportivos em que o filho participa;
  • Durante a competição os pais devem permanecer na zona reservada aos espectadores;
  • Não devem dar instruções ao treinador sobre como deve fazer o seu trabalho;
  • Não devem dirigir instruções ou críticas aos seus filhos durante a competição;
  • Não devem fazer comentários desagradáveis aos jogadores, treinadores e pais dos atletas da equipa adversária assim como aos juizes do jogo;
  • Devem demonstrar interesse, entusiasmo e apoio ao atleta;
  • Devem procurar controlar as suas emoções;
  • Os pais devem estar atentos a todas as “preocupações“ do jovem atleta e respeitar a sua decisão em caso deste manifestar desejo em abandonar o desporto.

 

SOFIA PINTO 2015 – Psicóloga de Desporto